Este blog é uma reunião de textos exclusivamente autorais. Para conhecer mais de mim, dividir sons e sabores poéticos, musicais, cinematográficos, e tantos outros cheiros mais além dos meus, venha tomar um expresso esparramado nas almofadas fofas do meu outro blog, o Abundante-mente. Te espero lá com as velas acesas.

4 de abril de 2010

Mangas

Ele tem mania de comer mangas com as mãos. Fica lá, com a cara toda lambuzada e aquele fio amarelo e espesso escorrendo queixo abaixo. Faz isso em qualquer lugar, e acha ainda melhor quando pode subir na mangueira para escolher o fruto mais bonito. Todo mundo fala que é nojento ficar com os dedos grudando e com aqueles fiapos estranhos pendurados entre os dentes. Ele ri, dá uma gargalhada deliciosa com a mão suja na frente dos lábios, enquanto fala com os olhos: vocês não sabem o que estão perdendo.
Vitor tem mania de abocanhar a vida da mesma maneira febril com que abocanha mangas. Deixa escorrer pelos poros o néctar dos dias, abraça como se segurasse nas palmas fruta madura, e faz das palavras mãos estendidas - todinhas meladas de amor. Para ele não há dúvidas: mangas - indiscutivelmente - são poesia pura, de suculento e incomparável sabor.

Sylvia Araujo

13 comentários:

Ju Fuzetto disse...

Cada sabor é uma maneira de sentir!


Um beijo flor, linda semana pra vc!!!

Mai disse...

Nada mal...Vitor sabe viver. Uma vida com sabor de manga rosa.
Um texto com imagens e gosto de infância

bjos

Cynthia Lopes disse...

Sylvia,
obrigada por sua tão terna passagem pelo meu blog, vim não só retribuir, mas ler e sorver estas deliciosas mangas-prosas-poemas até o fim.
bjs

Sabiana disse...

Que forma deliciosa de viver.
O Vitor sabe das coisas!

Li... disse...

Acho que seriamos mais felizes vivendo mais como Vitor.

Marcia Carneiro disse...

Entendo Vitor. Minha inveja dela é branca. Mas qdo acho uma manga de dar nó na vontade (essas é que são boas), me perco. E falando em gosto bom.... teus poemas amada, teus textos, teu jeito de contar e andar por essas ruas, becos, travessas, servidões e avenidas...báh! É udo muito lindo. Parabéns Sylvia!!!!!!

Mar Arável disse...

Bem-vinda

ao meu mar

Bj

Nilson Barcelli disse...

Sylvia, gosto da sua narrativa. Não tinha vindo ainda a este seu nblogue e adorei os textos que li, tanto prosa como poesia.
Boa semana para vc.
Beijos.

Celamar Maione disse...

Vitor é sábio. Adoro mangas! Adorei seu texto.
Beijo

Tiago Moralles disse...

Dias amarelos, mangas vividas.

Maria Valadas disse...

Obrigada pela visita ao meus Ecos... também gostei do teu espaço.
Não consegui colocar-me como seguidora :(

Beijos.

Maria

Azul disse...

Oi guria... Obrigado pela visita... Passando para retribuir e apreciar... Belo blog! Parabéns!
Beijo!

L.M. disse...

Ficou muito lindo isso que escreveu! :O

Sério mesmo, poucas pessoas seriam capazes que descrever como fizeste agora!
(Inveja branca mode "on") HAHAHAHAAH

Parabéns,
B.